• Professoras do Estúdio

Estúdio Flamenco Ale Kalaf

Performance & expressão

Aprenda flamenco em uma academia de dança que estimula a performance, reforçando a técnica e força do flamenco, sempre ressaltando a expressão artística individual dos bailarinos.

Aulas Regulares 2016

Flamenco Iniciante
Flamenco Intermediário
Flamenco Avançado
Flamenco com Bata de Cola
Pilates
Ballet Clássico

Professores de flamenco

Ale Kalaf

Ale Kalaf

Após atuar com bailarina contemporânea e de ballet clássico, Alessandra Kalaf encontrou nos movimentos da dança flamenca a autenticidade que buscava para se expressar e se comunicar de forma espontânea com o público. Em Julho de 2006 abre as portas de seu próprio estúdio com a proposta de pesquisar e desenvolver uma movimentação contemporânea sem deixar de explorar os ritmos, a força e a tradição dos bailes flamencos. Em 2011 é contemplada pelo edital Proac com o espetáculo Luceros dança Toninho Ferragutti, com a Direção de Clarisse Abujamra. Em 2012 viaja com o espetáculo pelo circuito cultural Paulista.
Ana Paula Campoy

Ana Paula Campoy

Com formação clássica e na dança contemporânea iniciou seus estudos de flamenco em 1997. Em 2000, começa sua carreira como professora de baile flamenco. Em 2003, passa a atuar como bailarina profissional com trabalhos no Brasil e Espanha. Viaja frequentemente a Madrid e Sevilla, em temporadas de 2 a 3 meses, dedicando-se às aulas de baile, técnica, bata de cola, cante, ritmo, abanicos, mantones e castanholas.
Carol Zanforlin

Carol Zanforlin

Formada em Comunicação das Artes do Corpo pela PUC-SP. Em 2008 entra para companhia da bailarina espanhola Mari Paz Lucena, com a qual participa do Festival Suma Flamenca em Madri. Neste mesmo ano é convidada para participar da companhia da bailarina espanhola La Truco e da montagem do espetáculo “Cinco Puntales” que ficou em cartaz no Brasil durante o Festival Internacional de Flamenco de São José dos Campos, em 2008. Em 2013 estreia seu espetáculo “Toro Negro” contemplado pelo programa de ação cultural do Estado de São Paulo (Proac) e inspirado no texto “Espanha”, escrito por Clarice Lispector nos anos 70.
Caru Corrêa

Caru Corrêa

Caru Corrêa iniciou seus estudos de dança com Ballet Clássico durante 10 anos. Deu aulas de ballet e integrou o grupo de dança Maniart’s. Começou seus estudos na dança flamenca em 2008 com Ale Kalaf, com quem continua ainda hoje. Dá seguimento à sua formação fazendo aulas também com Carolina Zanforlin e Milene Muñoz. Em 2013 viaja para a Espanha, onde completa o Ciclo dedicado a la Formación completa del Baile Flamenco, no Centro de Arte Flamenco y Danza Española Amor de Dios, em Madri. Ainda durante sua temporada no país fez auals com diversos mestres flamencos em Sevilha e Jerez. Faz parte do Grupo Flamenco Ale Kalaf.
Flavio Rodrigues

Flavio Rodrigues

Violonista hispano-brasileiro se estabeleceu em Madrid por 18 anos e se tornou referência no panorama flamenco. Em 2011, foi vencedor do Festival de Música de Madrid (FestMad) em três categorias: Flamenco / Raiz, Revelação e “Guitar Hero” – concedido pelo público a melhor performance ao vivo. Atuou em mais de 40 países com artistas flamencos como Miguel Poveda, Antonio Canales, Chicuelo, Farruco, Rocio Molina, Rafael Amargo, Guadiana, Montse Cortes, Concha Jareño, Javier Latorre, Pitingo, Pastora Galvan e Jorge Pardo. Também trabalhou com artistas de estilos diversos como Trilok Gurtu, Yamandú Costa, Yoshida Brothers, Nana Vasconcelos e Hossam Ramzy.
Jony Gonçalves

Jony Gonçalves

Violonista flamenco, diretor musical e professor de música, iniciou seus estudos aos sete anos de idade passando pelo clássico erudito e pela música popular brasileira. Foi convidado a se apresentar e dar aulas em diversos países como Argentina, Paraguai, Japão e Espanha. No Brasil, acompanhou artistas flamencos internacionais como Concha Jareño, La Tacha, Domingo e Inmaculada Ortega, José Maya, Pol Vaquero, Isaac de los Reyes, Torombo e Antonito Canales. Como diretor atuou nos espetáculos “Suena Flamenco” em Punta Del Este, Uruguai; “Pa lós Sentidos”, “Essência”, e “Flamenco Ayer hoy y siempre” em Curitiba e “Oro Molido” e “Mais Amor por Favor” em São Paulo.
Milene Muñoz

Milene Muñoz

Estudou doze anos de Ballet Clássico no Ballet Ilara Lopez (método Royal Academy of Dancing). Iniciou-se no flamenco em 1992. Estudou no Centro flamenco Pepe de Córdoba com os professores Yara Castro, Laurita Castro, Pepe de Córdoba e Fernando de la Rua. Foi para Espanha em 2001, estudou na Escuela Amor de Dios (Madrid) e na Escuela de Flamenco Alicia Marquez (Sevilla). Trabalhou com o flamenco e entretenimento no Japão, na Turquia e na Espanha. Além do flamenco e ballet já participou de workshops e aulas de dança moderna, dança contemporânea, jazz, teatro e canto. Atualmente é integrante do Grupo Luceros – Arte Flamenco.